Atingir as metas, mas sem perder a ternura

Alcançar metas e resultados é o propósito de todo empreendimento saudável. O lucro é indispensável e indiscutivelmente legítimo. Num contrato social consta a expressão ‘para fins lucrativos’.

A reflexão que propomos dentro do contexto da área da comunicação designada de voice design é sobre os pesos que atribuímos aos objetivos econômicos e o tratamento dispensado aos relacionamentos dentro da organização.

Não é incomum os profissionais serem vistos como simples objetos para a obtenção de receitas cada vez mais ambiciosas, ao invés de serem considerados

considerados como verdadeiros parceiros de caminhada com valores, competências e sonhos, capazes de gerar riquezas que transcendem aos propósitos econômicos, mas que contribuem diretamente superar os resultados almejados pela organização.

Os diagnósticos destes cenários vivenciados nas organizações são assustadores, revelam autenticas patologias contraídos pelos indivíduos e pelo grupo.  Em muitos casos encobertos pela ausência de transparência, de relacionamento social básico, até mesmo de um simples cumprimento, consagrado socialmente, de um bom dia, boa tarde, boa noite.

Tem sido muito comum se observar, por exemplo, profissionais que se encontrar num elevador que os conduz para seus postos de trabalho, a falta de um simples cumprimento protocolar.

Um gestor que não conhece minimamente sua equipe de trabalho, deve repensar seu desempenho, reavaliar o cumprimento do seu papel. Conhecer seus funcionários não significa somente saber que eles existem e o que fazem, mas saber pelo menos as principais suas características e o que elas podem contribuir para os objetivos da organização. Estar ciente do capital intelectual que circula na sua instituição.

Por isso, toda iniciativa que vise gerar relacionamento é indispensável. Pensar em promover o diálogo, a conversa, exercitar nossa humanidade no ambiente profissional é buscar a saúde da organização e consequentemente atingir as metas e os resultados econômicos sustentáveis, inclusive no ambiente social.

Investir efetiva e afetivamente nos  relacionamento interpessoais dos integrantes de uma organização é a decisão mais acertada que os gestores podem tomar. Os resultados a serem alcançados são imensuráveis e invariavelmente surpreendentes.

Promover momentos formais ou informais, gerando oportunidades de exercício da boa e indispensável conversa, o valor do diálogo, a troca de ideias, de percepções da vida se faz imprescindível nos contextos atuais.

Envolver , atrair, proporcionar um ambiente propício para os integrantes desenvolverem suas potencialidades, revelar suas habilidades e competências, explorando a criatividade de cada um, não dá pra adiar, o momento é aqui, agora. Tudo isto sim interfere diretamente no alcance das metas estabelecidas e dos resultados econômicos almejados.

Para agendar: Voice design ‘A ciência da palavra falada aplicada’
+55  (41) 3352-4000
+55  (41) 9111-5151
jorgecuryneto@voicedesigninstitute.com